DEMISSÃO DE EMPREGADO PELO WHATSAPP

O whatsapp vem sendo muito utilizado como ferramenta de comunicação nas organizações e o seu uso potencializado durante a pandemia.

Ocorre de empregadores se utilizarem do aplicativo para fazerem demissão sem justa causa.

Embora não haja previsão expressa quanto a essa finalidade, o entendimento majoritário dos tribunais é que a demissão pelo whatsapp é válida.

Com a disseminação do uso do aplicativo e mesmo s sendo um meio informal de comunicação, nada impede que uma demissão ocorra via whatsapp, mas é importante observar os termos usados para evitar constrangimento e não caracterizar dano moral.

Em um caso julgado em Campinas-SP, pelo TRT15, uma empregada doméstica questionou a forma como foi demitida, a mensagem dizia: “Bom dia, você está demitida. Devolva as chaves e o cartão da minha casa. Receberá contato em breve para assinar documentos.”

O Judiciário Trabalhista entendeu que o teor da mensagem ignorou na relação de trabalho, as regras de cortesia e consideração e condenou a empregadora a pagar indenização por danos morais em relação a dois pedidos, um deles foi pelo contexto da mensagem, com a decisão validada pelo TST.

Portanto, se a opção for comunicar a demissão através do aplicativo, cuidado com o conteúdo da mensagem, a fim de evitar constrangimento ou tratamento vexatório.

Importante lembrar que a demissão pelo whatsapp é válida, mas assegure-se quanto a comprovação do recebimento da mensagem pelo destinatário.

Compartilhe esse artigo!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência.
Clique em "Aceitar" para seguir ou "Política de Privacidade" para saber mais.

Iniciar conversa
Fale com a DSG
Olá,
Envie sua mensagem que te retornaremos em breve.

Obrigado!