Cuidado quanto aos benefícios concedidos pelo inss

Crédito

[et_pb_section fb_built=”1″ admin_label=”section” _builder_version=”3.22″][et_pb_row admin_label=”row” _builder_version=”3.25″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat”][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.25″ custom_padding=”|||” custom_padding__hover=”|||”][et_pb_text admin_label=”Texto” _builder_version=”3.27.4″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat”]Cuidado empregador, ao receber o comunicado dos benefícios concedidos ao seu empregado, verifique se Previdência Social concedeu o correto benefício, pois há casos de que a empresa afasta por auxílio-doença previdenciário, mas o INSS altera para auxílio-doença acidentário.

Constatado esse equívoco, a empresa deverá recorrer no prazo de 15 (quinze) dias, pois esta alteração gera consequências jurídicas como a estabilidade provisória, dentre outras.

Lembre-se que a saúde é reflexo de boas condições de trabalho. Por isso, existem duas espécies de benefícios concedidos pela Previdência Social. O auxílio-doença previdenciário (B31) e o auxílio-doença acidentário (B91). Ambos têm o mesmo valor, mas com algumas peculiaridades que o empregador deverá atentar-se.

B91 – O INSS reconhece a relação de causa e efeito entre o trabalho e a(s) doença(s). Neste caso, o empregador deve recolher o FGTS do trabalhador durante o período em que estiver afastado. Existe estabilidade no trabalho de pelo menos 12 meses após a cessação do benefício.

B31 – O INSS não reconhece a relação de causa e efeito entre o trabalho e a(s) doença(s). Neste caso, o empregador não recolhe o FGTS. Não existe estabilidade após a cessação do benefício.

Sendo assim, a empresa deverá observar o momento do preenchimento dos requisitos para fruição do correto benefício, pois a Previdência Social vem concedendo benefícios distintos daquele que é devido.
[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Compartilhe esse artigo!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência.
Clique em "Aceitar" para seguir ou "Política de Privacidade" para saber mais.

Iniciar conversa
Fale com a DSG
Olá,
Envie sua mensagem que te retornaremos em breve.

Obrigado!