Governo Pretende Tributar Heranças e Doações com Imposto de Renda

Crédito

[et_pb_section fb_built=”1″ admin_label=”section” _builder_version=”3.22″][et_pb_row admin_label=”row” _builder_version=”3.25″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat”][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.25″ custom_padding=”|||” custom_padding__hover=”|||”][et_pb_text admin_label=”Texto” _builder_version=”3.27.4″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat”]Nos últimos dias de governo Dilma, foi encaminhado ao Congresso Nacional um Projeto de Lei com a proposta de tributar heranças acima de R$ 5 milhões e doações acima de R$ 1 milhão, com imposto de renda.

A alíquota de 15% de imposto e renda de pessoa física será aplicada sobre heranças acima de R$ 5 milhões, mas de até R$ 10 milhões e doações que excedam R$ 1 milhão e vão até R$ 2 milhões.

Para heranças acima de R$ 10 a R$ 20 milhões, e doações de R$ 2 a R$ 3 milhões, o imposto de renda é de 20%. Acima desses valores, a alíquota será de 25%.

Outra medida, atinge as empresas que recolhem imposto de renda sobre lucro presumido. Atualmente o Governo presume que 32% da receita dessas empresas é lucro e só essa parcela é tributada.

A distribuição de lucros acima desse valor é isenta de imposto de renda. Com a proposta, será tributada em 15%. A mesma alíquota será aplicada nos lucros e dividendos distribuídos por empresas do Simples Nacional.

Com o aumento da arrecadação, em razão dessas majorações, a ideia é compensar a correção de 5% na tabela do imposto de renda a partir de 2017, que levará o limite de isenção de R$ 1.903,98 para R$ 1.999,18, sendo que também, serão elevados os limites para deduções com dependentes e educação, por exemplo.

Apesar da alteração de governo, com a necessidade de majorar a arrecadação, diante do déficit das contas públicas, há poucas chances das medidas encaminhadas serem alteradas por Temer.
[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Compartilhe esse artigo!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência.
Clique em "Aceitar" para seguir ou "Política de Privacidade" para saber mais.

Iniciar conversa
Fale com a DSG
Olá,
Envie sua mensagem que te retornaremos em breve.

Obrigado!